Pesquisar neste blog

 


ARQUIVOS

Agosto 2012

Março 2008

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004


POSTS RECENTES

Cancro - Português ajuda...

Ferraris Falsos

O Português que foi admit...

O MEL E A CANELA

Último dia de trabalho do...

ANEDOTAS

Enganos

Funcionária da TAP

Coisas de Psicólogo

Para rir um pouco..


ÚLT. COMENTÁRIOS

Para quando?
gostaria de saber as medidas certas para se tomar ...
Achei uma gracinha todos estss comentários. Realme...
amei!!!!!!!!!!!!!!kkkkkk quem fala o que quer... e...
Carissímos senhores,já não posso pedir desculpas p...


POSTS MAIS COMENTADOS

51 comentários
6 comentários
5 comentários
4 comentários

  • A Bordo
  • Abrupto
  • Acanto
  • Adufe
  • Alfacinha e Alentejana (Esquilazul)
  • Almocreve das Petas
  • A minha Matilde
  • A Montanha Mágica
  • Amorizade
  • Analiticamente Incorrecto *
  • Apatia
  • A Pileca * *
  • Arte e Manhas
  • A Origem das Espécies
  • Asul * *

  • Bem Informado
  • Blogopédia *
  • Blogue de Esquerda II
  • Blogo Existo
  • Blogo Social *
  • Blogo no Sapo
  • Bomba Inteligente

  • Cibertúlia
  • Cientista Maluca
  • Citador
  • Classe Média
  • Clube das Mulheres *
  • Crónicas da Terra
  • Crítico Musical *

  • Depois da Noite * *
  • Desabafos de um médico
  • Doce da Avozinha * *

  • Enciclopédico * *
  • Exacto

  • Formiguinha Atómica
  • Fumaças

  • Garfiar *
  • Grilinha
  • Guia Sexual

  • Heiligenschein *
  • Homem A Dias

  • It takes two to tango *

  • Janela para o Rio
  • João Pereira Coutinho
  • Jóias da Coroa
  • Josi *

  • Kynas

  • Lugar Efémero

  • Malandra *
  • Marretas
  • Médico Explica
  • Memória Inventada
  • Miniscente
  • Mosketeros Insólitos
  • Mulher dos 50 aos 60
  • Mundo da Lua * *

  • No Quinto dos Impérios

  • O Blog da Nexinha
  • O Blog da Papoila
  • O Blog da Treta
  • O Cafajeste
  • Odisseia D'um Motard *
  • O Melhor Anjo
  • O Meu Diário
  • O Projecto
  • Origem do Amor
  • O Vizinho

  • Palavras em Férias *
  • Pandora's Box
  • Pequenos Deuses
  • Portal das Curiosidades
  • Portocarago * *
  • Prazer Inculto
  • Preceitos *
  • Prima Desblog

  • Querido Leitor
  • Quezia

  • Reflexos de Azul
  • Rua da Judiaria

  • Santos Passos * *
  • Sobre Tudo
  • Síndrome de sjogren
  • Sorrisos de misericórdia *
  • Socioblogue

  • Terras do Nunca
  • The Amazing Trout Blog
  • Tradução Simultânea
  • Tua Prima
  • Tucano Azul *
  • Tudo de mim *

  • Um Blog Sobre Kleist
  • Universos Críticos

  • Viagem *

  • Coloque o meu selo no seu Blog
    Click no selo p/ copiar
    primeiro blog



    VISITAS










    Entre, Dê uma olhadela !

    Blog sobre o Sindrome de Sjogren
    Click for Lisbon, Portugal Forecast

    blogs SAPO
    O primeiro Blog de Ferreira Santos


                                                                   
    Se não visualizar bem os acentos, actualize a página !!

    Utilidades
  • O que é um blog?
  • Onde criar um blog?
  • Blogo no Sapo
  • Weblogs no Sapo
  • Divulgação
  • Ferramentas úteis
  • Fotolog no Mundo
  • B-Log
  • Jornalblog
  • Velocidade ADSL
  • Directório de Blogs


  • Interactivos
  • Flowgo
  • Smiley central
  • Ease-Cards
  • Friendship
  • Cartões Virtuais


  • Janelas blogosfera
  • Weblog pt
  • Blogs do Sapo
  • PTBloggers
  • Blogs em pt
  • Metablogue
  • Fórum Ptweblogs
  • Piores Blogs
  • Conversas de Café
  • Blog Clipping
  • Blogger
  • Blogolista
  • Bloco-Notas
  • Jornal colectivo
  • Simplesnet


  • Motor de Busca
  • Vários
    Audio - Mid
    Ouça música enquanto navega no Primeiro blog. Faça Alt-Tab para navegar entre páginas

    Notícias
  • Última hora
  • Notícias Google
  • Visão
  • TSF
  • Record


  • TVs
  • Jornal do aniversário
  •   

         


    ARTIGOS

    Sábado, 16 de Julho de 2005

    TEXTO DE ARTUR DA TÁVOLA

    Amor...Aos que não casaram,Aos que vão casar,Aos que acabaram de casar,Aos que pensam em se separar,Aos que acabaram de se separar,Aos que pensam em voltar...Não existem vários tipos de amor, assim como não existem três tiposde saudades, quatro de ódio, seis espécies de inveja. O amor éúnico, como qualquer sentimento, seja ele destinado a familiares,ao cônjuge ou a Deus. A diferença é que, como entre marido e mulhernão há laços de sangue, a sedução tem que ser ininterrupta.Por não haver nenhuma garantia de durabilidade, qualquer alteração no tom de voz nos fragiliza, e de cobrança em cobrança acabamos porsepultar uma relação que poderia ser eterna. Casaram. Te amo pra lá, te amo pra cá. Lindo, mas insustentável. O sucesso de um casamento exige mais do que declarações românticas. Entre duas pessoas que resolvem dividir o mesmo teto, tem que haver muito mais do que amor, e às vezes nem necessita de um amor tão intenso.É preciso que haja, antes de mais nada, respeito. Agressões zero.Disposição para ouvir argumentos alheios. Alguma paciência... Amor,só, não basta. Não pode haver competição. Nem comparações. Tem queter jogo de cintura para acatar regras que não foram previamente combinadas. Tem que haver bom humor para enfrentar imprevistos,acessos de carência, infantilidades. Tem que saber levar. Amar, só,é pouco. Tem que haver inteligência. Um cérebro programado para enfrentar tensões pré-menstruais, rejeições, demissões inesperadas,contas pra pagar. Tem que ter disciplina para educar filhos, dar exemplo, não gritar. Não adianta, apenas, amar.Entre casais que se unem visando à longevidade do matrimônio temque haver um pouco de silêncio, amigos de infância, vida própria, um tempo pra cada um. Tem que haver confiança. Uma certa camaradagem, às vezes fingir que não viu, fazer de conta que não escutou. É preciso entender que união não significa, necessariamente, fusão. E que amar, "solamente", não basta. Entre homens e mulheres que acham que o amor é só poesia,tem que haver discernimento, pé no chão, racionalidade.Tem que saber que o amor pode ser bom, pode durar para sempre, mas que sozinho não dá conta do recado. O amor é grande, mas não édois. É preciso convocar uma turma de sentimentos para amparar esse amor que carrega o ônus da onipotência. O amor até pode nos bastar,mas ele próprio não se basta.Um bom Amor aos que já têm!Um bom encontro aos que procuram!E felicidades a todos nós!TEXTO DE ARTUR DA TÁVOLA
      

    go_up.gif  Voltar ao topo

    Publicado por: Ferreira Santos às 21:49
    link do post | Comentar | favorito
    15 comentários:
    De VALÉRIO WEBER a 16 de Janeiro de 2008 às 09:11
    Modestamente, parece-me que a receita que venho adotando ha uns 12 anos alinha-se com esse verdadeiro texto do Artur da Távola (não é à-toa que ele tem muita sensibilidade, pois até produz um programa na TV, chamado QUEM TEM MEDO DA MÚSICA CLÁSSICA?).
    Minha receita aplicada ao anjo que mora comigo desde julho/1967, e a conheço desde nov/1957: "NO MÁXIMO, QUERIDA, QUERO EMPATAR COM VOCÊ; QUANTO MAIS EU PERDER, MAIS FELIZ SENTIR-ME-EI" Valério, Curitiba, Pr.
    De tiemi a 22 de Agosto de 2007 às 01:50
    esse é o máximo!!!!
    De cleidimilson a 25 de Outubro de 2006 às 02:05
    seus textos são de grandíssima validade para os dias atuais, por isso adoro lê-los... obrigado por nos brindar com tão belas poesias.
    De IRANI a 19 de Outubro de 2006 às 15:58
    MAGNIFICA...SOMENTE UMA PESSOA COM UM ESPIRITOS SENSIVEL COMO ARTUR DA TAVOLA PARA EXPLICAR COM PALAVRAS SENTIMENTOS, PENSAMENTOS, ETC.
    DEPOIS DA PRIMEIRA VEZ QUE LI SEUS TEXTOS APAIXONEI-ME POR ESSE LITERATA E CADA VEZ ME EMOCIONA MAIS SUAS CRONICAS E TEXTOS.
    BEIJINHOS NA ALMA E NO CORAÇÃO DE TODAS AS ALMAS SENSIVEIS QUE EXISTEM.
    De Therezinha Vargas Dantas Peeira a 19 de Julho de 2006 às 16:05
    Amigo Artur,
    Desde o seu regresso à política, desligeui-me, um pouco, da sua obra literária, da qual já fui fã de carteirinha. Agora, recebi de uma amiga, a sua crônica UM OLHAR DE TERNURA, e qual não foi minha Alegria ao reencontrá-lo, novamente no seu verdadeiro lugar!!!
    Um cronista, poeta, é um idealista que, no "boteco da política", acaba ridicularizado porque, lá, só se pensa no próprio umbigo, para vê-lo bem estufado, pela cegueira da embriaguês das vaidades, encharcado!
    Fiquei imensamente feliz! Dizer da Beleza desta sua crônica é até bobagem! O olhar que capta e registra e publica, com tamanha propriedade, uma tal intimidade, que TANTOS olhos olharam mas não viram, faz silenciar, calar e meditar profundamente, nas nuances da vida, na forte realidade que, em nossa lida, nem nos damos conta do quanto nossos olhos falam, só, do que o coração sente!
    Não sei se você ainda vai lembrar de mim.
    Se lembrar, agora é mais fácil me encontrar, no e-mail acima.
    De todo modo, estou muito feliz! Parabéns, Therezinha Vargas Dantas Pereira.
    De Ieda Andrade a 11 de Julho de 2006 às 22:16
    Ler Artur da Tavola, é ficar em sintonia com o universo, é sentir o cotidiano de maneira suave e harmônica, é reprogramar o próprio ser diante das alegrias e dos revézes da vida, é o mestre iluminado que trás mais luz a vida daqueles que conhecem "Artur da Távola". Ieda Moraes Andrade- Pelotas/RS
    De ji a 11 de Maio de 2006 às 19:57
    achei superficial, piegas, sem graca, mal escrito e de pouca criatividade. infelizmente o nivel intelectual de nos, brasileiros, esta de decadente a pior. dou um exemplo: "solamente"... "solamente"??? argh... "nadie merece"!
    De Fagner a 28 de Abril de 2006 às 03:03
    Gostaria de pedir a você que convide seus amigos para participarem da comunidade Artur da Távola e assim conhecer através das poesias e crônicas um dos melhores e mais belos autores da nossa atualidade.

    http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=1361776


    Para convidar um amigo basta ir até a comunidade Artur da Távola e apertar o botão: convidar amigos

    Divulguem essa arte literária!
    Obrigado!
    De regia vitoria a 6 de Fevereiro de 2006 às 10:13
    Aí está um conselho completo, um texto que diz tudo. Valeu, Artur!
    De marta a 21 de Janeiro de 2006 às 18:00
    jamais me canço de ler os textos deste grande escritor.tomara conheçe-lo pessoalmente....
    beijão!

    Comentar post