Pesquisar neste blog

 


ARQUIVOS

Agosto 2012

Março 2008

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004


POSTS RECENTES

Cancro - Português ajuda...

Ferraris Falsos

O Português que foi admit...

O MEL E A CANELA

Último dia de trabalho do...

ANEDOTAS

Enganos

Funcionária da TAP

Coisas de Psicólogo

Para rir um pouco..


ÚLT. COMENTÁRIOS

Para quando?
gostaria de saber as medidas certas para se tomar ...
Achei uma gracinha todos estss comentários. Realme...
amei!!!!!!!!!!!!!!kkkkkk quem fala o que quer... e...
Carissímos senhores,já não posso pedir desculpas p...


POSTS MAIS COMENTADOS

51 comentários
6 comentários
5 comentários
4 comentários

  • A Bordo
  • Abrupto
  • Acanto
  • Adufe
  • Alfacinha e Alentejana (Esquilazul)
  • Almocreve das Petas
  • A minha Matilde
  • A Montanha Mágica
  • Amorizade
  • Analiticamente Incorrecto *
  • Apatia
  • A Pileca * *
  • Arte e Manhas
  • A Origem das Espécies
  • Asul * *

  • Bem Informado
  • Blogopédia *
  • Blogue de Esquerda II
  • Blogo Existo
  • Blogo Social *
  • Blogo no Sapo
  • Bomba Inteligente

  • Cibertúlia
  • Cientista Maluca
  • Citador
  • Classe Média
  • Clube das Mulheres *
  • Crónicas da Terra
  • Crítico Musical *

  • Depois da Noite * *
  • Desabafos de um médico
  • Doce da Avozinha * *

  • Enciclopédico * *
  • Exacto

  • Formiguinha Atómica
  • Fumaças

  • Garfiar *
  • Grilinha
  • Guia Sexual

  • Heiligenschein *
  • Homem A Dias

  • It takes two to tango *

  • Janela para o Rio
  • João Pereira Coutinho
  • Jóias da Coroa
  • Josi *

  • Kynas

  • Lugar Efémero

  • Malandra *
  • Marretas
  • Médico Explica
  • Memória Inventada
  • Miniscente
  • Mosketeros Insólitos
  • Mulher dos 50 aos 60
  • Mundo da Lua * *

  • No Quinto dos Impérios

  • O Blog da Nexinha
  • O Blog da Papoila
  • O Blog da Treta
  • O Cafajeste
  • Odisseia D'um Motard *
  • O Melhor Anjo
  • O Meu Diário
  • O Projecto
  • Origem do Amor
  • O Vizinho

  • Palavras em Férias *
  • Pandora's Box
  • Pequenos Deuses
  • Portal das Curiosidades
  • Portocarago * *
  • Prazer Inculto
  • Preceitos *
  • Prima Desblog

  • Querido Leitor
  • Quezia

  • Reflexos de Azul
  • Rua da Judiaria

  • Santos Passos * *
  • Sobre Tudo
  • Síndrome de sjogren
  • Sorrisos de misericórdia *
  • Socioblogue

  • Terras do Nunca
  • The Amazing Trout Blog
  • Tradução Simultânea
  • Tua Prima
  • Tucano Azul *
  • Tudo de mim *

  • Um Blog Sobre Kleist
  • Universos Críticos

  • Viagem *

  • Coloque o meu selo no seu Blog
    Click no selo p/ copiar
    primeiro blog



    VISITAS










    Entre, Dê uma olhadela !

    Blog sobre o Sindrome de Sjogren
    Click for Lisbon, Portugal Forecast

    blogs SAPO
    O primeiro Blog de Ferreira Santos


                                                                   
    Se não visualizar bem os acentos, actualize a página !!

    Utilidades
  • O que é um blog?
  • Onde criar um blog?
  • Blogo no Sapo
  • Weblogs no Sapo
  • Divulgação
  • Ferramentas úteis
  • Fotolog no Mundo
  • B-Log
  • Jornalblog
  • Velocidade ADSL
  • Directório de Blogs


  • Interactivos
  • Flowgo
  • Smiley central
  • Ease-Cards
  • Friendship
  • Cartões Virtuais


  • Janelas blogosfera
  • Weblog pt
  • Blogs do Sapo
  • PTBloggers
  • Blogs em pt
  • Metablogue
  • Fórum Ptweblogs
  • Piores Blogs
  • Conversas de Café
  • Blog Clipping
  • Blogger
  • Blogolista
  • Bloco-Notas
  • Jornal colectivo
  • Simplesnet


  • Motor de Busca
  • Vários
    Audio - Mid
    Ouça música enquanto navega no Primeiro blog. Faça Alt-Tab para navegar entre páginas

    Notícias
  • Última hora
  • Notícias Google
  • Visão
  • TSF
  • Record


  • TVs
  • Jornal do aniversário
  •   

         


    ARTIGOS

    Sexta-feira, 26 de Agosto de 2005

    Novo, novíssimo e a expectativa do futuro.

    TV_Plasma.jpg

    Ao andar na rua vejo anúncios indicando a "qualidade" de um produto pela duração da saída da fábrica até sua exposição em vitrinas. Os produtos super novos são os sonhos de consumo de todos os potenciais consumidores que por ali circulam. Tvs de plasma com suas imponentes 42 polegadas de puro widescreen. Geladeiras sofisticadíssimas que só faltam falar. Fogões que usam sistemas de aquecimentos variados e muitas vezes a frio, o que é um conforto para mães com filhos pequenos. Rádios ultramodernos com ligações usb com tecnologia de reprodução dos mais diversos tipos de mídias possíveis e assim por diante.

    Muitas vezes o que é novo chama a atenção, não por ser bom e bonito, apenas por ser novo. Geralmente produtos com tecnologia de ponta são postos à venda para teste e justamente podem apresentar problemas dos mais diversos. Que aquele consumidor menos precavido acaba se envolvendo justamente por comprar a novidade no impulso.

    A impulsividade do consumo, seja ele de eletroeletrônicos, de roupas, de objectos de entretenimento ou até mesmo de produtos alimentícios vai de encontro com as outras partes de nossas vidas. Onde agimos muito mais por impulsos do que por uma reflexão e um verdadeiro "querer".

    Pois vejamos que ao praticar um dado comportamento o ser acaba se viciando naquele tipo de atitude e justamente o expandindo, mesmo que sem pensar, a outras áreas de sua actuação. Contando que, normalmente, as pessoas tendem a agir com mais precaução em momentos de suas vidas que mostrem riscos maiores. Então quanto maior for o risco de sua atitude maior é sua precaução com ela adoptada.

    O grande problema que se configura actualmente é a perda dessa noção de importância de certas atitudes pelos consumidores. Simplesmente pelos dribles da foca que o mercado passa na mente impulsiva dos consumidores. Eles conseguem passar pelas barreiras da protecção individual e acabam atingindo o cerne da vontade aliando à ela uma incrível facilidade na hora da compra. Pague em 10, 12, 24 vezes, sem juros, com primeira entrada para daqui há alguns meses e ainda receba um desconto de 100 euros só até amanhã, obs. Ficaremos abertos a noite inteira.

    Essa desconstrução dos valores sociais e da desvalorização das prioridades do ser é um dos principais problemas que essa cultura de consumo trás englobada em sua filosofia. As corporações são pessoas jurídicas, mas sem escrúpulos. São pessoas amorais que procuram apenas o lucro. Sem medir as manipulações que podem fazer. Sem medir a destruição de camadas mentais que causa e com isso toda uma desconstrução do modo de pensar da pessoa ocidental.

    E para que tal modelo "económico" vigore, é imprescindível que as pessoas alvo sejam acríticas. Sejam desenvolvidas em um modelo escolar que as eduque de maneira eficazmente informacional e impulsiva. Do modo que há apenas um acumulo de informações que são camufladas e passadas como conhecimentos. Essas informações que são passadas, são empurradas na direcção do aluno que não é capaz de criticar o que está recebendo e muitas vezes não se identifica com o modelo imposto, sendo mais uma pessoa que estuda para passar em provas e logo depois acaba esquecendo o que nunca foi, de fato, útil.

    Pois de nada adianta saber datas, fórmulas, nomes, eventos, regras se não se é capaz de analisá-las e utilizá-las com destreza nos vários ramos da vida cotidiana. Tendo as escolas abolido definitivamente os ensinos de filosofia, antropologia e arte o aluno acaba ficando com a parte idiotizante do chamado "conhecimento". E sendo empurrados à faculdades se vêem perdidos em suas concepções e valores.

    Justamente o que quer o mercado para abraçar e englobar mais uma pessoa no modelo de desejos/ligeiras satisfações/frustrações que promove a cada dia. Era de se esperar que educadores fossem os primeiros a criticar tal tipo de conduta, mas em sua maioria são eles também vítimas de uma educação que vem se desenvolvendo nesse sentido idiotizante. Sendo frutos da educação idiota, só poderão ensinar aos seus alunos, e educar seus filhos de mesma maneira. Criando um círculo vicioso em que de pouco em pouco as barreiras críticas e analíticas dos cidadãos vão caindo. Como se a filosofia de nosso modelo económico se garantisse no passar das gerações para cada vez mais se consolidar.

    Sendo então que uma aparente cultura consumista do novo e do moderno acaba se refletindo em todos os ramos do pensar e do conhecimento de nossas gerações, que ficam mais expostas a manipulações de sonhos, desejos, ideais de felicidade, objetivando-as em uma única coisa. O produto fruto de consumo. Hoje consume-se sonhos, estilos de vida, felicidades fulgazes, e até produtos, que em sua instância máxima se promove como realizador de sonhos e estilos de vida. Entramos então no conceito da sociedade da imagem. Não se compra mais um produto, mas sim a imagem que dele é passada. Concepção essa que vigora nas camadas mais altas de nossas sociedades ocidentais. Que por sua vez influenciam as camadas mais pobres. Essas que sempre foram influenciadas no sentido de tentativa de igualdade com as camadas mais superiores.Por: Leandro
      go_up.gif  Voltar ao topo

    go_up.gif  Voltar ao topo

    Publicado por: Ferreira Santos às 13:44
    link do post | Comentar | favorito