Pesquisar neste blog

 


ARQUIVOS

Agosto 2012

Março 2008

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004


POSTS RECENTES

Cancro - Português ajuda...

Ferraris Falsos

O Português que foi admit...

O MEL E A CANELA

Último dia de trabalho do...

ANEDOTAS

Enganos

Funcionária da TAP

Coisas de Psicólogo

Para rir um pouco..


ÚLT. COMENTÁRIOS

Para quando?
gostaria de saber as medidas certas para se tomar ...
Achei uma gracinha todos estss comentários. Realme...
amei!!!!!!!!!!!!!!kkkkkk quem fala o que quer... e...
Carissímos senhores,já não posso pedir desculpas p...


POSTS MAIS COMENTADOS

51 comentários
6 comentários
5 comentários
4 comentários
blogs SAPO
Domingo, 21 de Agosto de 2005

O velhinho e a Natália

A Madame abre a porta do bordel e encontra um velhinho vestido com uma roupa modesta. - Diga? - Pergunta ela. - Eu quero a Natália! - Respondeu o velhinho. - Caro senhor, a Natália é uma das nossas mulheres mais caras.. Talvez eu possa apresentar-lhe outra... - Não, eu quero a Natália! - Insiste o velhinho. Então a Natália aparece, um espectáculo de mulher, em salto alto,corpete, meias e cinto de ligas e diz ao velhinho que o preço é de 500 euros por visita. O velhote nem pisca os olhos, tirando o dinheiro da carteira, concordando. Então ela leva-o para o quarto, onde ele passa uma hora inesquecível, com sexo louco como nunca tinha tido. Na noite seguinte, o velhinho aparece novamente e chama pela Natália. Ela estranha, dizendo que nenhum cliente dela apareceu duas noites seguidas e que ela não faria nenhum desconto pela fidelidade. O velhinho tira mais cinco notas de cem euros e entrega à rapariga, que o leva para o quarto, onde a sessão se repete ainda melhor que no dia anterior. Na noite seguinte, ninguém acredita! Mais uma vez o velhote entrega o dinheiro à moça, e tornam a ir para o quarto. Depois da hora que passaram juntos, Natália não resiste e pergunta ao velhinho: - Nunca ninguém usou os meus serviços, três noites seguidas, porque sou a melhor da casa e levo muito caro. - De onde é o Senhor? - Sou de Cuba, no Alentejo! - Responde o velhinho. - A sério? Eu tenho uma irmã que mora em Cuba! - Eu sei, foi ela que me pediu para lhe entregar os mil e quinhentos euros.
  go_up.gif  Voltar ao topo

go_up.gif  Voltar ao topo

Publicado por: Ferreira Santos às 21:39
link do post | Comentar | favorito