Pesquisar neste blog

 


ARQUIVOS

Agosto 2012

Março 2008

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004


POSTS RECENTES

Cancro - Português ajuda...

Ferraris Falsos

O Português que foi admit...

O MEL E A CANELA

Último dia de trabalho do...

ANEDOTAS

Enganos

Funcionária da TAP

Coisas de Psicólogo

Para rir um pouco..


ÚLT. COMENTÁRIOS

Para quando?
gostaria de saber as medidas certas para se tomar ...
Achei uma gracinha todos estss comentários. Realme...
amei!!!!!!!!!!!!!!kkkkkk quem fala o que quer... e...
Carissímos senhores,já não posso pedir desculpas p...


POSTS MAIS COMENTADOS

51 comentários
6 comentários
5 comentários
4 comentários
blogs SAPO
Quarta-feira, 1 de Novembro de 2006

O Português que foi admitido pela CIA.

Os portugueses sempre têm uma forma diferente de resolver os assuntos.A CIA resolveu recrutar um atirador.Após uma série de selecções, entrevistas e testes, escolheram três candidatos:Um Francês, um Inglês e um Português.Para a prova final, os agentes da CIA colocaram os candidatos diante de uma porta metálica e entregaram-lhes uma pistola.- Queremos ter a certeza de que seguem as instruções, quaisquer que sejam as circunstâncias.Dizem então ao Francês:- Detrás desta porta voce vai encontrar a sua mulher sentada numa cadeira.Terá que a matar!- Estão a falar a sério? Eu jamais mataria a minha mulher!!!- Então você não serve, responde o agente.Ao Inglês deram as mesmas instruções.Pegou na arma e entrou na sala.Durante 5 minutos, tudo muito calmo. Depois regressou com as lágrimas nos olhos.- Tentei mas não posso matar a minha mulher.- Você também não esta preparado para trabalhar nesta agência. Pegue na sua mulher e vá-se embora.Chegou enfim a vez do Português! Deram-lhe as mesmas instruções indicando-lhe que teria de matar a sua mulher.Ouviram-se tiros, um estrondo e depois outro... A seguir ouvem-se gritos, barulhos de móveis partir, etc.Após alguns minutos fica tudo muito calmo...A porta abre-se lentamente e o Português sai, limpa o suor e diz:- Bem me podiam ter dito que os tiros eram de pólvora seca!! - Tive que a matar com a cadeira.

go_up.gif  Voltar ao topo

Publicado por: Ferreira Santos às 00:07
link do post | favorito
De Susana a 13 de Janeiro de 2007 às 21:25
Fala aí vovô: muita corujice??
Hehehehe!
Desculpe não ter passado antes, mas a coisa aqui tava meio complicada... agora estamos voltando ao normal (ou quase, né?) e estou tentando tirar o atraso das visitas....
Ainda estão em Macau com a linda netinha???
Diz pra minha amiga que tô morrendo de saudade, e que gosto dela de montão, tá?
Beijo nas bochechinhas da netinha...
Smackkksss!
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres